terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Entrevista Exclusiva com Renan Silva MCE-PE

O Espaço Capítulo Petrolina realizou uma pequena entrevista com a principal liderança jovem da Ordem DeMolay no estado de Pernambuco. 

MCE-PE MCN MCEA-PE

O irmão Renan Silva foi eleito o Mestre Conselheiro Estadual de Pernambuco, em votação realizada no VIII congresso estadual pernambucano realizado na cidade de Salgueiro.
A ele foram feitas algumas perguntas sobre a sua vida DeMolay e sobre os desafios de estar a frente da ODM Pernambucana. Segue abaixo a entrevista na íntegra:

1  - O que é a Ordem DeMolay para você?
Em palavras é um desafio gigante responder a esta pergunta, porém, a Ordem DeMolay pra mim é uma magia de aprendizados, de pessoas excepcionais, de grandes ensinamentos que nos fazem viver uma egrégora em prol do bem, aliás, do melhor que podemos ser. Nós DeMolays somos pedras a serem polidas pelo caminho do aperfeiçoamento, pelos ventos da superação, pela brisa da união, e isso não paira nos seus membros, e sim no encanto de sermos exemplos e praticá-los na vida de outra pessoa, fazendo nossa luz brilhar diante dela. A Ordem DeMolay vive por um mundo melhor; este deve ser o nosso objetivo eterno.


2 - Algo mudou na sua vida após o ingresso na Ordem?
Sim. É uma família em todos os fatores que me levou a ser um ser que todos precisam ser: o ser humano! Foi nela que encontrei ser tolerante, a saber a importância do outro e também do meu eu, aprendi a escutar e a falar, a saber a necessidade de ser diferente, pois é desta forma que me torno igual. Na Ordem DeMolay eu pude construir amizades que nunca pensei em tê-las na minha vida, a uma família apoiadora, a conduzir trabalhos e ter uma noção de administração como nunca pensei ter antes. A palavra líder é o que me remete a refletir o meu percurso por esta instituição, pois a superação, o avanço, as dificuldades, as vitórias e as alianças de união, fizeram parte do meu caminho, um caminho que não acaba por aqui, será eternamente seguido sob a luz das sete virtudes cardeais e a benção do Pai Celestial.


3 - Qual a maior felicidade que a Ordem DeMolay já te proporcionou?
Ser o melhor que eu posso ser. Saber que o amor, o respeito, a união, a pureza, a tolerância, dentre outros acessórios vitais são essenciais para um bom homem. Amigos, irmãos, família. Enfim, a luta por um mundo melhor! Os irmãos e tios que nela ganhei, são a joia mais preciosa dessa jornada, Graças a Deus!

4 - Como é estar a frente da Ordem DeMolay pernambucana?
Muito gratificante. Me sinto honrado de representar este estado, Pernambuco é um estado múltiplo, somos um povo solar, somos especiais, a ele só devo bons trabalhos, aliás, MELHORES trabalhos possíveis, e é o que todos nós devemos e podemos fazer, até porque, não sou eu, mas a Ordem DeMolay Pernambucana são todos os membros que lutam pela causa DeMolay e quer ver a sua terra galgando altos passos.

5 - Quais os maiores desafios de um MCE?
Pernambuco está em um momento desafiador, temos como meta construir um novo Pernambuco! A nossa gestão está chegando com força total, bem alimentados de liderança, amor e boas vibrações. Junto ao Gabinete e Grande Conselho vamos crescer em todos os sentidos os quatro cantos deste estado. Assim como nosso slogan detalha, nós estamos munidos de atitude, compromisso e fé por um Pernambuco de líderes!


6 - O que dizer aos jovens DeMolay's que almejam, um dia, estar em seu atual posto?
Trabalhem, acreditem em Deus e em si mesmo, sejam palavras e exemplos, sejam transparentes com seus objetivos, se você quer algo, você pode conseguir, todos são capazes. Porém, meu atual posto é apenas uma consequência de um bom trabalho já servido e um mix de oportunidade, no sentido de apenas um por ano poder representar o estado, desta forma eu relato que assim como eu, existem vários Mestres Conselheiros Estaduais; um colar não significada quase nada, diante dos nossos objetivos e bons ideais. Não é a toa que escolhi como parte do nosso slogan de gestão a seguinte frase: "Pernambuco de Líderes". Aquele DeMolay que prestou serviços gigantes à aquele membro que acabou de ser iniciado em nossa Ordem, todos eles são importantes e são líderes.


7 - Aquilo que te incentiva trabalhar pela Ordem?
Assim como nós, juramos e tentamos retribuir os cuidados e esforços que os nossos pais tiveram conosco diante da nossa virtude: Amor Filial, também, pretendo retribuir as conquistas e aprendizados que a Família DeMolay tem me presenteado. O que me incentiva a trabalhar por ela, é a visão que tenho sobre a importância de sermos construtores de um futuro digno, solicito que cada DeMolay procure manter acesa a chama das nossas sete virtudes cardeais e manter firmes os nossos baluartes. Vamos juntos na construção de um brilhante Pernambuco!


Agradecimentos ao irmão Renan Silva pela atenção e pelo tempo cedido.

Um comentário:

  1. Paulo Sérgio de A. Pereira12 de dezembro de 2012 19:30

    Muito boa a entrevista. Parabéns a Renan e a Felipe Caldas pela iniciativa.
    Abraços Paulo Sérgio

    ResponderExcluir